07/10/2008

Oitavo mandamento, mentirás
Alí os peritos corrigem alguns errinhos. Entre outras coisas, ficamos a saber agora que os pobres mais pobres do mundo, os chamados "indigentes", somam 500 milhões a mais dos que apareciam nas estatísticas. Além disso, ficamos a saber que os países pobres são bastante mais pobres do que aquilo que diziam os numerozinhos e que a sua desgraça piorou enquanto o Banco Mundial lhes vendia a pílula da felicidade do mercado livre. E como se isso fosse pouco, verifica-se que a desigualdade universal entre os pobres e ricos havia sido mal medida e, à escala planetária o abismo é ainda mais fundo que o do Brasil.
Extraído da Coluna de Eduardo Galeano, escritor uruguaio

Nenhum comentário:

Postar um comentário