04/11/2008

Quando tu voas pra beijar as outras flores,
eu sito dores, um ciúme...
um calor que toma o peito, invade a alma!
Só meu beija-flor me acalma!
Sou rosa vermelha, ah! meu bem-querer...
Beija-flor, sou tua rosa:
Hei de amar-te até morrer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário