07/03/2013

 
 
 
Não se perdeu nenhuma coisa em mim.
Continuam as noites e os poentes
que escorreram na casa e no jardim.
Continuam as vozes diferentes
que intactas no meu ser estão suspensas.
Trago o terror e trago a claridade.
E através de todas as presenças
caminho para a única unidade.
 
 
Sophia de Mello Breyner Andresen

6 comentários:


  1. Mulher .
    Mulher , mãe uma fera na defesa dos seus
    filhos.
    Mulher, avó segunda mãe jamais esquecida
    por um amor incondicional ,
    netos segunda gestação dos próprios filhos.
    Mulher ,bisavó nessa fase entendemos,
    nossa geração foi londe nosso amor foi infinito.
    Eu sou essa mulher .
    Sim..tia , irmã , mãe , avó , bisavó por isso venho te abraçar
    pelo Dia da Mulher.
    Por me sentir especial .
    Para você acreditar que tudo vale a pena
    quando abrimos a janela nosso coração ,
    e deixamos o amor entrar.
    A vida é eternizada por nós mesmo,
    não importa os obistaculos,
    que a vida coloca já que é impossível viver sem eles.
    Quero apenas ser lembrada com carinho.
    Mãe blogueira.
    Avó Blogueira.
    Por Fim bisavó blogueira.
    Sou essa mulher que veio
    para deixar um carinho no Dia das mulheres.
    Ser mulher é algo Divino.
    Desde ,que nos sentimos um ser especial
    diante de Deus.
    Parabéns não só a mulher,
    mais a eterna companheira .
    Beijos no coração carinhos na alma.
    Evanir.
    Mimo se gostar na postagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, pela atenção e o carinho, Evanir!

      Excluir
  2. UN TEXTO QUE ME APORTA MUCHO. GRACIAS.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  3. Há quanto tempo, amiga.
    Tenho vindo pouco ao blogspot.
    Mas, sinto falta desse convívio tão instigante.

    Abraço grande e afetuoso.

    ResponderExcluir
  4. Caminhar com os medos a tiracolo, conviver com eles...
    Ci, a harmonia é construção permanente.

    Beijo :)

    ResponderExcluir