16/08/2014

[...] Sou pessimista desde o coração à cabeça. Não creio na ressurreição dos corpos e das almas. Nem creio sequer que as pessoas não analfabetas saibam ler, e menos ainda creio que saibam ler poesia. E quando parecem saber, vai-se ver e é um equívoco. Lêem errado. Verifico mais do que suporto verificar que se pega em tudo pelos lados de fora, e se não vê aquilo que esperava ser pegado e visto pelos lados de dentro.
 
 
 
Herberto Helder, Relance sobre a poesia de Edmundo Bettencourt

3 comentários:

  1. Ci, eu acho que estou entrando nesse bloco dos pessimistas, pois após tantos anos de vida só estou vendo o barco afundar mais e mais.
    Filósofa...eu? [risos]
    Fim de semana bem quentinho e aconchegante pra você, tendo em vista que nem o tempo quer colaborar. Beijos, amiga querida!
    [Esse layout...que mergulho lindo!]

    ResponderExcluir
  2. FULLL, EXCELENTE PENSAMIENTO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  3. Estamos viviendo en una época de superficialidad, donde apenas dedicamos tiempo para reflexionar. Todo es provisional y caduco, y leer poesía no se lleva bien con las prisas. La poesía no se lee con los ojos, sino con el corazón.

    Un beso,

    ResponderExcluir