21/09/2014

Gostei de ler


 

" O povo é como tronco de árvore. Todos se apoiam a ele, sobem por ele para apanhar os frutos que estão lá em cima. Não é o povo que lhes interessa. Só os frutos".
 
"A raça humana anda sempre a olhar para trás, para o passado, à procura da cauda perdida na evolução. Por isso o homem não olha para o futuro e agarra-se ao que foi e ao que não foi, mas pensa ter sido, (ou o que gostaria que dele os  outros pensassem)."
 
 
Pepetela, em A geração da utopia, p. 212,  280 - Editora Leya


3 comentários:

  1. Também gostei, Ci...
    Os frutos da árvore do povo são os mais doces.
    Amiga, uma boa manhã e um dia proveitoso! Bjsss

    ResponderExcluir
  2. UNA REFLEXIÓN MUY ACERTADA!!!!
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir